A festa do futebol com emoções até ao final

Joaquim Vicente

2022-01-13

Partilhe:


Que sortudo eu fui em poder assistir ao novo dérbi do escalão maior do futebol nacional. Ambos os clubes com 83 anos de existência, várias vezes se encontraram, mas este jogo realizado no dia 08 de janeiro de 2022 ficará para a história, já que foi o primeiro a contar para o campeonato maior do futebol nacional. Frente a frente FC Vizela e Moreirense FC, dois velhos rivais, dois velhos amigos. 
Felizes daqueles que ao vivo assistiram a este jogo repleto de emoções, de um lado e do outro os adeptos a puxarem pelas suas equipas, para conseguirem o melhor resultado, que se manteve em aberto até ao apito final do árbitro Hugo Miguel. 
Se dentro das quatro linhas, os atletas proporcionaram um excelente espetáculo, com jogadas bem delineadas, para dentro das mesmas quatro linhas eram os treinadores, sempre intervenientes, a dar orientações. Neste capítulo, Álvaro Pacheco partia em vantagem, porque já lida com os seus pupilos há muito tempo, do outro lado, Sá Pinto que apenas chegou ao Moreirense dois dias antes do dérbi, mas que parecia já conhecer a forma dos seus atletas jogarem, estando constantemente ativo, nas orientações para dentro do recinto. 
Nas bancadas vivia-se um verdadeiro clima de dérbi e salvo um ou outro “piropo”, correu pelo melhor, sem incidentes dignos de registo. De realçar o trabalho das forças de segurança, que planearam as medidas de segurança para este jogo, para evitar confusões entre adeptos. 
A Rádio Vizela que, ao longo de vários anos acompanha estes dois clubes, teve a oportunidade de provar ao levar aos ouvintes este jogo, a sua isenção e a exemplo de outros órgãos de Comunicação Social, foi dizendo que o Moreirense foi um vencedor justo. 
De uma maneira geral, permitam-me que deixe neste espaço os parabéns a todos os intervenientes. 
FC Vizela e Moreirense, dois clubes a lutarem pelo mesmo objetivo que é a manutenção, quis o sorteio que o último jogo da época, entre os dois clubes seja em Moreira de Cónegos, fico a desejar que nesse jogo ambas as equipas estejam já a salvo, para que juntos possam festejar mais uma época entre os grandes. 
Aproveitando este espaço parabenizo o FC Vizela pelos seus 83 anos de existência, e que mais uma vez, respeitando e lembrando os seus fundadores e todos os que ao longo do tempo tudo fizeram para manter vivo o clube da rainha das termas, demostrando que quem respeita o passado é digno do futuro.
Na próxima semana começa o Campeonato Europeu de Futsal, em que a equipa de todos nós estará presente. Portugal irá tentar defender o título que é nosso, mas não podemos embandeirar em arco, embora sejamos candidatos, mas como diz Jorge Braz “favoritos há muitos”.
Eu fico a torcer pelo meu país e tu?