7ª Maravilha de PORTUGAL

Alexandra Araújo

2022-11-24

Partilhe:


O melhor jogador português de sempre, sim é verdade é o Cristiano, pelo menos no futebol. Também é verdade que muitos outros há e houve, muito, muito bons. Mas hoje é deste que se fala, por tudo e por nada, porque ri ou porque chora, o que faz ou não faz, o que compra ou não, o que diz ou não diz, onde diz, porque diz, a quem diz e quando diz... ! É cá dos nossos, porque o que pensa, diz!  
Falamos do Cristiano de hoje, que já foi no passado uma criança humilde e valente e que para chegar onde está, largou e agarrou tudo o que mais valorizava e com “unhas e dentes”, deu tudo dele, e conseguiu. Chegou onde muitos apostavam que nunca chegaria. Falámos de alguém que passou pelos melhores momentos que alguém pode passar, mas também as maiores provações, desafios e derrotas e os maiores sacrifícios, sim, porque os homens também se veem pelas dificuldades que ultrapassam. E sabem, vemos gente com muito menos alcance que ele, despidos de tudo o que tem verdadeiro valor, onde só cabem, maus exemplos. Como sabemos qualquer ser humano tem altos e baixos, bons e maus momentos, mas prefiro reter mais as coisas boas que nos deu sempre o Ronaldo de Portugal, e foram tantas e tão grandes.
Hoje também prefiro lembrar o quanto este ser único que lutou com todas as forças, para ser o melhor do mundo, as vezes que merecia e mais algumas e que com uma vontade quase inigualável, conseguiu arrastar consigo e retirar este cantinho à beira-mar plantado do desconhecido e nunca outro houve, que me lembre, que tão bem pintasse de orgulho, o nosso verde e vermelho. 
Mas já tivemos muitos e muito bons nesta e outras modalidades. 
Foi ontem e é hoje que ele nos enche de orgulho, quando nos leva a todos a Times Square e acredito que o melhor dele ainda está para vir, principalmente como ser humano. 
Acredito no exemplo que dá aos mais novos, não pelo que tem, mas pelo que é e faz, pelo que trabalha e o quanto se dedica para alcançar. Este para mim é o maior legado que pode dar aos dele e a todos os portugueses, mas acima de tudo aos mais jovens que o veem como um belíssimo exemplo a seguir.
O resto… o resto vem por acréscimo, tudo o que conseguiu alcançar, será sempre melhor do que tudo o que conseguimos até aos dias de hoje. E por isso é hora de darmos as mãos, cantar o hino e ter a esperança que o melhor desta seleção ainda está para vir. 
Estamos todos juntos contigo, com a seleção e com Portugal, sempre!
Agora, vamos todos vestir a nossa bandeira!