Vitória do Bolinhol festejada pelos vizelenses

A Câmara Municipal e produtores ofereceram Bolinhol e champagne aos vizelenses.

 As 7 Maravilhas Doces de Portugal são: Crista de Galo (Vila Real); Amêndoa Coberta de Moncorvo (Bragança); Roscas de Monção (Viana do Castelo); Folar de Olhão (Faro); Mel Biológico do Parque Natural de Montesinho (Bragança); Charutos dos Arcos (Viana do Castelo); e o Bolinhol de Vizela (Braga).

Victor Hugo Salgado, Presidente da Câmara Municipal, afirmou, depois da vitória do Bolinhol, que este reconhecimento “fez valer a pena esta luta, fez valer a pena a luta autonómica, fez valer a pena esta mudança do ponto de vista da autarquia porque na realidade, a cada passo que dá-mos estamos diferentes, estamos uma Vizela cada vez mais Vizela”.

O autarca disse ainda que o “prémio será guardado religiosamente”, pois é um símbolo da vitória do Bolinhol que se deve a todos os vizelenses, “isto é uma vitória de Vizela, uma vitória do povo de Vizela e, sem dúvida, uma mais valia para o nosso concelho”.

O ator Diogo Lopes, padrinho do Bolinhol neste concurso, deu os parabéns ao Bolinhol e afirmou que “o Bolinhol também é Vizela, portanto, direta ou indiretamente, Vizela também está de parabéns”.

O Bolinhol foi o último doce a ser anunciado o que causou grande ansiedade aos presentes em Montemor-o-Velho. Diogo Lopes diz que esteve sempre confiante, “mas não posso negar que cheguei a temer”.

“Levamos o caneco para Vizela que era aquilo que eu tanto queria” acabou por dizer o ator vizelense.

José Armando Branco, um dos produtores do Bolinhol, falou de um dia de júbilo para a cidade de Vizela, e deu os “parabéns ao Presidente da Câmara pela maneira como se emprenhou neste prémio”. Deu os parabéns a todos os comerciantes do Bolinhol e frisou que esta vitória “foi uma justa homenagem a Maria Serafina Ferreira, a minha patroa que me ensinou”. “Sinto-me orgulhoso por ver o Bolinhol a ser reconhecido como 7ª Maravilha de Portugal”, disse José Armando Branco.

Paulo Oliveira, outro produtor do Bolinhol de Vizela, diz que “foi uma boa vitória”. “A responsabilidade agora é maior, mas quem trabalha com gosto, trabalha sempre”.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Vizela, Mário José Oliveira, também esteve na Finalíssima, e garantiu que esta “é uma grande vitória para o concelho”. “Esta vitória foi mais saborosa, porque para além de ser um grande símbolo para Vizela, o Bolinhol está mais conhecido”.

O Bolinhol de Vizela em todas as etapas do concurso teve uma grande claque, com participação da Associação Musical e Recreativa Família Peixoto.  Simão Ferreira, líder da claque do Bolinhol de Vizela, diz que foi uma vitória sofrida “porque tivemos que esperar até ao final” para que o Bolinhol fosse anunciado, mas “sempre estive convicto que a vitória iria surgir”.  

O líder da claque diz que todo o esforço “valeu a pena”, pois “por Vizela tudo vale a pena, pois fazemos com gosto e com amor à nossa terra”.

A Câmara Municipal organizou, no passado domingo á noite, uma iniciativa de maneira a festejar a vitória do Bolinhol. Os produtores de Bolinhol e a Câmara Municipal ofereceram champagne e Bolinhol aos presentes no Jardim Manuel Faria.

">69782615-234446264126782-1347750313599172608-n