Vila das Aves em festa pelos 66 anos de elevação a vila

Autarca Joaquim Faria mostrou disponibilidade para continuar a trabalhar em prol da vila.

Vila das Aves está hoje em festa, assinala o 66º aniversário de elevação a vila. O dia festivo começou com o hastear das bandeiras, seguindo-se a eucaristia solene, a benção de duas novas viaturas para os Bombeiros Voluntários de Vila das Aves, o descerramento de uma placa geográfica na fachada da sede da autarquia, e a sessão solene que a Rádio Vizela transmitiu em direto. 
Joaquim Faria, presidente da Junta de Freguesia, lamentou as restrições necessárias devido a uma pandemia que ainda persiste. "Uma Junta é mais do que alcatrão, o mais importante são as pessoas e uma Junta deve ter uma forte componente social", disse o autarca. "A Junta e a Câmara lançaram um pacote de medidas de apoio à nossa população, dos seniores às crianças. A autarquia soube estar ao lado das pessoas e agradeço ao senhor presidente Alberto Costa tudo o que fizemos, numa lógica de proximidade", disse. O autarca avense deixou palavras de apreço "aos profissionais que estão na luta, às empresas e funcionários, IPSS, comércio, voluntários que se associaram às nossas iniciativas e aos colaboradores da Junta de Freguesia".
"Celebramos 66 anos de muita e generosa entrega, contam a história de uma comunidade. Deixo aqui o meu apreço e gratidão a todos os que serviram e bem a nossa comunidade. Uma palavra de agradecimento a todos os que contribuiram com o seu trabalho para o desenvolvimento de Vila das Aves, alguns que já partiram", referiu Joaquim Faria.
Lembrou o "desenvolvimento associado ao poder local após o 25 de Abril de 1974 e todos os autarcas da Junta e da Assembleia de Freguesia". "Tudo farei para honrar o legado que os nossos antepassados nos deixaram, tentarei fazer mais e melhor".
Em jeito de balanço ao mandato, o presidente da Junta falou em "verdade" e em trabalho "com humildade e honestidade para o bem da freguesia". "Estamos no caminho certo, o nosso empenho tem-nos permitido fazer um trabalho visivel e importante nas mais diversas áreas. Tenho forte convicção que contarei com a vossa confiança, podem continuar a contar comigo", finalizou.
Jorge Machado, presidente da Assembleia de Freguesia, valorizou "o esforço de todos os que contribuiram e contribuirão para o desenvolvimento de Vila das Aves", deixando o repto à Câmara, "para que continue a trabalhar com empenho na freguesia".
O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso também discursou. "Não devemos ter memória curta e devemos lembrar o passado, daí a minha saudação à Junta de Freguesia", referiu o autarca.
"Felicito toda a história e população desta magnífica terra, segundo maior nucleo do Municipio, um dos maiores motores económicos e sociais do concelho. reconheço nesta terra pessoas de grande coração, com alma grande, são valentes que lutam por ideiais e principios", disse ainda, garantindo que o futuro passa por continuar a trabalhar pelo bem de Vila das Aves. "A Câmara Municipal está sensível, é importante sempre ouvir para trabalhar e desenvolver obra". 
O autarca de Santo Tirso revelou também que a obra do Parque do Verdeal vai avançar, após ter recebido o aval do Tribunal de Contas. "Muitos vão achar que guardamos para este ano mas são burocracias que acontecem, vou estar sempre de sorriso nos lábios sempre que fizer uma obra" , referiu. "Contem comigo para continuar a desenvolver Vila das Aves", rematou o autarca.
De seguida foram homenageados, com um galardão, quatro ex- autarcas de Vila das Aves, Elisabete Faria, Carlos Valente, José Pacheco e Américo Luís. Foi ainda homenageado o padre de Vila das Aves, José Sá, o presidente da Assembleia Municipal de Santo Tirso, Rui Carlos Ribeiro, Jorge Machado, presidente da Assembleia de Freguesia, e o edil de Santo Tirso Alberto Costa.
De seguida foi apresentada a nova imagem da freguesia.

Durante a tarde, a partir das 14h30, vai realizar-se a iniciativa “Há música na Vila”. Em vários pontos emblemáticos de Vila das Aves haverá música, mas também apontamentos poéticos. Estas iniciativas não contarão com a presença de público, mas todos poderão assistir a cada um desses momentos através das redes sociais da Junta de Freguesia de Vila das Aves. O encerramento das celebrações está previsto para as 18h00.

PUB___