Tagilde e Vizela projetam-se no país e a nível internacional

O “The Times”, um jornal britânico nacional com sede em Londres, destacou ontem o Tratado de Tagilde, no rescaldo das comemorações do fim de semana, da passagem “um tratado pouco conhecido que lançou as bases da aliança mais antiga do mundo", numa amizade entre Portugal e Reino Unido, forjada a "chá e tropas".

O jornal diz que este "foi celebrado com pompa e circunstância". No dia 10 de julho de 2022 assinalaram-se os 650 anos da Aliança Luso-Britânica, "baseada na paz e amizade perpétua entre os dois países", que se iniciou com o Tratado de Tagilde a 10 de julho de 1372 e foi consolidada com a assinatura do Tratado de Londres, de 16 de junho 1373. O jornal recorda ainda o recente encontro entre António Costa e Boris Johnson.

Em Portugal, no domingo à noite, a Câmara de Vizela mereceu uma “saudação especial” por parte do comentador do “Jornal da Noite”, Marques Mendes, pela importância dada à celebração dos 650 anos do Tratado de Tagilde.

PUB___