Prossegue obra da nova sede dos Escuteiros de S. Paio

Este Agrupamento iniciou atividade em 1923.

O Executivo Municipal de Vizela atribuiu um subsídio de 60 mil euros ao Agrupamento de Escuteiros de S. Paio para a edificação da sua nova sede própria, criando, assim, condições que permitam desenvolver as atividades escutistas, educativas, culturais e recreativas, propulsionando aos jovens melhores valências. Na terça-feira, dia 27, o presidente da Câmara Municipal, Victor Hugo Salgado, acompanhado pelo vereador das Obras Municipais, Joaquim Meireles, pelo presidente da União de Freguesias de Tagilde e Vizela (S. Paio), e pelo Chefe dos Escuteiros, Fernando Salgado, visitou a obra.

De realçar que o Agrupamento de Escuteiros de S. Paio 567, iniciou a sua atividade em 1923, tendo vindo a desenvolver ao longo dos anos diversas iniciativas locais. “Este Agrupamento, pertencente ao Corpo Nacional de Escutas, sempre demonstrou um grande dinamismo, mostrando-se capaz de desenvolver atividades de índole social, cultural, muitas vezes em parceria com a Câmara Municipal, mobilizando a população jovem vizelense”, lia-se numa nota de imprensa.

PUB___