Presidenciais: conheça os prazos para a votação antecipada

Voto antecipado em mobilidade será no edifício-sede da Câmara Municipal.

No próximo dia 24 de janeiro terão lugar as eleições presidenciais, sendo que a Lei Orgânica n.º 3/2020, de 11 de novembro estabelece um regime excecional e temporário de voto antecipado para os eleitores em confinamento obrigatório e a Lei Orgânica n.º 4/2020, de 11 de novembro, alterou as diversas Leis Eleitorais e alargou o voto antecipado em mobilidade a todos os municípios, pelo que, atualmente, o modo de exercício do direito de voto antecipado, em território nacional, abrange:

- Doentes internados em estabelecimentos hospitalares - Para a Eleição do Presidente da República de 2021, até 4 de janeiro, poderá efetuar o seu requerimento para voto antecipado;

- Presos não privados de direitos políticos - Para a Eleição do Presidente da República de 2021, até 4 de janeiro, poderá efetuar o seu requerimento para voto antecipado;

- Em Mobilidade - Para a Eleição do Presidente da República de 2021, entre 10 e 14 de janeiro, poderá efetuar o seu requerimento para voto antecipado.

- Em confinamento obrigatório – COVID-19 - Para a Eleição do Presidente da República de 2021, entre 14 e 17 de janeiro, poderá efetuar o seu requerimento para voto antecipado.

A Câmara Municipal de Vizela informa que “se é eleitor, recenseado em território nacional, pode votar antecipadamente numa mesa de voto em mobilidade por si escolhida. Se pretende exercer o direito de voto antecipado, deve manifestar essa intenção à Administração Eleitoral da Secretaria-geral do Ministério da Administração Interna, por via postal ou por meio eletrónico (https://www.votoantecipado.mai.gov.pt/).

 

Datas a ter em conta:

10 a 14 de janeiro: período para requerer voto antecipado em mobilidade.

14 a 17 de janeiro: período para requerer voto antecipado em confinamento – covid-19

17 de janeiro: voto antecipado em mobilidade no edifício-sede da Câmara Municipal (para os cidadãos eleitores que tenham apresentado requerimento).

19 e 20 de janeiro: voto antecipado em confinamento – covid-19 (para os cidadãos eleitores que tenha apresentado requerimento). Uma equipa de representantes da câmara municipal e das candidaturas irá recolher o voto em casa e com os devidos cuidados.

“Votar é um direito e um dever cívico, pelo que a Câmara Municipal de Vizela está a adotar todas as medidas para que, mesmo em tempos de pandemia, todos os vizelenses possam votar em segurança”, reforça o Município.

PUB___

MAIS NOTÍCIAS___