PJ deteve homem por incêndio florestal em Lousada

A Polícia Judiciária (PJ) através da Diretoria do Norte, procedeu ontem à detenção de um homem de 49 anos, fortemente indiciado pela autoria de um crime de incêndio florestal, ocorrido no passado dia 06 de fevereiro, na localidade de S. Miguel, Lousada.

O homem, motivado por uma alegada limpeza de terreno alheio, terá recorrido a chama direta e à utilização de papéis, o que veio a potenciar que o incêndio consumisse uma área entre 300 a 400 m2 de terreno. Um transeunte que passava nas imediações alertou a GNR que a partir daí comunicou a ocorrência à PJ.

O agora detido, operário fabril da área do calçado, não tem antecedentes criminais e vai ser presente às autoridades judiciais para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação, lê-se no comunicado da PJ.

 

Foto: Polícia Judiciária

PUB___