Paulo Alves: "De que forma for vamos abordar para ganhar"

O treinador do Moreirense fez a antevisão ao encontro com o Vilafranquense deste domingo

O Moreirense estreia-se este domingo na Liga Portugal 2, com a receção ao Vilafranquense marcada para as 15h30. Paulo Alves ainda está a construir o seu plantel, há ainda muitos jogadores a serem integrados, como referiu o treinador na antevisão ao encontro.

“O que pretendemos que os adeptos vejam é uma equipa extremamente determinada, abnegada no que tem de fazer. Ainda temos jogadores para integrar, outros lesionados, jogadores que vão trazer outras opções. Mas, isso não vai servir de esculpa para a entrega que a equipa vão mostrar. Vamos encontrar uma equipa muito experiente, por si só isso já é uma dificuldade grande. A Liga 2 é um campeonato em que o detalhe é decisivo, temos de estar concentrados para que adversário não possa aproveitar".

Assim sendo, o treinador reconheceu as dificuldades, perante um adversário que poderá estar num estado de preparação mais adiantado. “Não sabemos o que vai na casa dos nossos vizinhos, o nosso plantel foi sofrendo alterações, em termos de entradas e saídas. É normal que haja sempre uma reestruturação nas equipas que descem. Tivemos de lidar com isso, não é fácil mudar mas temos de resolver os problemas da melhor forma. Queremos apresentar uma equipa com capacidade de se bater com que adversário for. É complicado dizer quem se preparou melhor, nem sempre quem tem mais opções ou investe mais tem melhores resultados. É um somatório de vários fatores que vão ditar quem são as melhores equipas, porque o equilíbrio e imprevisibilidade são o pão nosso de cada dia neste campeonato”.

Paulo Alves abordou ainda a pré época, com o balanço possível. “Fizemos tudo o que tínhamos de fazer em relação ao que queríamos dar à nossa equipa. Se me perguntar se era mais fácil ter trabalhado em outras circunstâncias, eventualmente sim. Mas, não deixamos de fazer o que queríamos fazer, pelo que esperamos ter já alguma coisa amanha. Vamos ficar mais fortes mais para a frente. Não há qualquer desculpa para o jogo de amanhã, seja de que forma for vamos abordar para ganhar. Temos de transmitir aos sócios que a equipa está cá para lhe voltar a dar alegrias”.

Falando de novo do seu plantel, garante que ficará mais equilibrado depois de ultrapassadas as lesões. “Integrando o Madson, o Victor Garcia e o Platiny, depois será uma questão de detalhe, o plantel vai ficando equilibrado. Muitas coisas podem acontecer em termos de entradas e saídas até ao final do mês. O plantel fica mais equilibrado com estas soluções”.

O treinador considera muito importante para a equipa o apoio dos associados e adeptos: “São a base do clube, é neles que assenta tudo. Contamos com a ajuda de todos. Transmito sempre uma mensagem aos jogadores, temos de ser nós a chamá-los, demonstrando que queremos ganhar, sem qualquer tipo de limites. Temos de ser nós a dar esse sinal. Temos de chamar as pessoas a dar-lhe a substância e o alimento. Queremos que as pessoas fiquem com a sensação de que não há nada a apontar-nos. É isso que temos dito aos jogadores, é isso que vai ser constantemente passado”.

O jogo está marcado para as 15h30 em Moreira de Cónegos, terá a arbitragem de José Bessa da Associação de Futebol do Porto e acompanhamento na Rádio Vizela.

PUB___