Obras na Rua do Outeiro Paço em Regilde

Autarca regildense espera ainda que, no final do ano de 2020, se iniciem as obras no Largo do Cruzeiro.

Começaram esta semana, as obras na Rua do Outeiro Paço em Regilde. Com um orçamento de cerca de 90 mil euros, comparticipados a 100% pela Câmara Municipal de Felgueiras, “esta obra passará pelo alargamento da via e pela colocação de rede de águas pluviais, saneamento e rede de gás” tal como explica Jorge Monteiro, presidente da Junta de Freguesia de Regilde.

A obra na Rua do Outeiro Paço tem um prazo de execução de quatro meses, mas o autarca espera que obra esteja terminada daqui a dois meses: “A obra começou esta semana e o prazo de execução é de 120 dias, falamos com o empreiteiro e pedimos para ele terminar o quanto antes, em principio em 60 dias será concluída”.

Jorge Monteiro refere que “vamos concluir o contrato interadministrativo com o Município de Felgueiras, onde estão contempladas a Rua de Valinhas e o Largo da Trindade, esperamos concluí-las no princípio do mês de junho”.

Ainda no ano de 2020, o autarca regildense tem a intenção de “iniciar uma obra estruturante para o Lugar do Cruzeiro”. “Atrasou um pouco com esta situação do Covid-19, mas queremos inicia-la este ano, mas só para o final do ano”, disse ainda.

Em relação à intervenção no Largo do Cruzeiro, Jorge Monteiro explica que “a obra no Lugar do Cruzeiro será estruturar a zona central da freguesia de maneira a termos uma valência para recebermos visitas e para a nossa festa da padroeira da Santa Comba. Também iremos fazer uma intervenção de fundo na Rua da Igreja, queremos também pôr lá saneamento e águas pluviais. É uma obra que está ligada à do Cruzeiro, será na mesma empreitada. Esta é uma obra diferente, é uma obra emblemática porque requer outro tipo de equipamentos, mas também é uma obra bastante importante para nós”.

Sendo uma obra também financiada pelo Município de Felgueiras, o autarca enaltece o investimento por parte da Câmara em Regilde: “Esta obra é comparticipada pelo Município de Felgueiras, que tem possibilidade de fazer deste tipo de envergadura em Regilde, já há muito tempo que não se via e estão a investir e acho muito bem porque precisamos de dotar os equipamentos desta freguesia para que ela possa crescer noutros quadrantes”.