Família Peixoto espera retomar atividade em julho

Com a pandemia, os espetáculos e as saídas têm sido nulos. Plano de Atividades deve arrancar em setembro.

A Associação Musical e Recreativa Família Peixoto fechou o ano 2020, com um saldo de 3.392 euros, que transita para 2021. As contas forma aprovadas por unanimidade. Devido à pandemia que se verifica desde março de 2020, a atividade da associação ficou suspensa, daí que a queda nas receitas seja assim justificada. Os eventos e as saídas das várias valências foram nulos, mas as despesas fixas mantiveram-se.

Simão Ferreira, vice-presidente, referiu ainda à Rádio Vizela que se encontram em fase de conclusão as obras de requalificação da sede, uma ação só possível, graças ao apoio dos sócios e executantes da associação. “Caso contrário não conseguiríamos”, disse, destacando ainda o apoio da Câmara e da Junta de Freguesia.

A Família Peixoto espera voltar à estrada no próximo mês de julho. Certa, se os números da pandemia permitirem, será a comemoração do aniversário em setembro, o magusto, em novembro, e a ceia de natal em dezembro.

A associação aprovou ainda por unanimidade os nomes de Manuel Ribeiro e Júlio Brito para sócios beneméritos pelo apoio que têm prestado à Família Peixoto em várias vertentes.

PUB___