Covid-19: Primeiro-ministro anunciou novas medidas

Portugal em estado de calamidade a partir de 01 de dezembro. Conheça as medidas.

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta quinta-feira que as novas medidas de combate à pandemia de Covid-19 incluem a declaração da situação de calamidade a partir de 1 de dezembro, o regresso do uso obrigatório de máscaras em espaços fechados e a obrigatoriedade da apresentação de certificado digital para acesso a espaços e eventos específicos.

O certificado digital passa a ser obrigatório no acesso a restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local, eventos com lugares marcados e ginásios.

Nas medidas anunciadas pelo Governo, inclui-se agora também a obrigação de apresentação de um teste negativo - além do certificado de vacinação -, para visitas a lares, visitas a pacientes internados em estabelecimentos de saúde, acesso a grandes eventos sem lugares marcados ou em recintos improvisados e recintos desportivos e para entrada em discotecas e bares.

O executivo anunciou também aquilo a que chama uma "semana de contenção de contactos", a realizar entre 2 e 9 de janeiro: que inclui teletrabalho obrigatório, um atraso no recomeço das aulas - que só são retomadas a 10 de janeiro - e o encerramento das discotecas.

Nas fronteiras portuguesas há agora a obrigatoriedade de apresentação de um teste negativo para todos os passageiros de voos que cheguem a Portugal e as autoridades portuguesas vão agravar "fortemente" as sanções aplicadas às companhias de aviação.

De forma geral, é recomendada a testagem regular e o teletrabalho.

 

*TSF

PUB___