Corte de árvore centenária indigna PS em Lustosa

Em causa está o corte de uma árvore centenária de grande porte.

Diogo Silva, deputado do PS na Assembleia de Freguesia de Lustosa, vem, em nota de imprensa, lamentar que Lustosa “tenha perdido uma das mais antigas árvores na Alameda da Igreja (…) foi o último Carvalho-Americano que lá estava, depois de, no ano passado, ter sido abatido o outro sem qualquer justificação”.

Os socialistas dizem que não foi respeitado o “regulamento de gestão do arvoredo municipal” que proíbe, “com exceções, o abate das árvores de maior porte”. “A Junta não fez o que lhe competia e não consultou ninguém para verificar o estado da árvore antes de a abater”.

“Os prejuízos causados hoje, só podem ser reparados daqui a 100 anos se alguém plantar lá outra árvore e nenhum de nós estará por cá para ver isso”, refere Diogo Silva, do PS que tem já uma ação de plantação de 100 árvores prevista. Além disso, encaminhou o caso para a Câmara Municipal de Lousada.

A Rádio Vizela por diversas vezes tentou chegar à fala com o presidente da Junta de Freguesia de Lustosa/Santo Estevão, mas sem sucesso.

PUB___