Câmara de Vizela anuncia apoios para comerciantes

Pagamento de despesas com água e luz é uma das medidas anunciadas pela autarquia.

Tendo em atenção as condicionantes do Natal e Ano Novo, a renovação do estado de emergência e a evolução da situação epidemiológica do Covid-19, a Câmara Municipal elaborou um novo Plano de Contingência para esta nova fase, que foi apresentado no passado dia 12 de janeiro, definindo medidas preventivas, de acompanhamento e monitorização da situação evolutiva, divididas em três áreas de ação - medidas de saúde pública, medidas de mitigação económica e social e medidas de vacinação.

Entretanto, e face à evolução da situação epidemiológica do Covid-19 com a apresentação do estado de emergência e as medidas anunciadas pelo Governo que entram em vigor já às 00:00 desta sexta-feira, o Presidente da Câmara Municipal reuniu hoje com o Presidente da ACIV, para apresentar as medidas de apoio ao comércio e restauração, como forma de minimizar a quebra de receitas provocada pelo encerramento destes estabelecimentos.

Assim, e no que diz respeito ao apoio ao comércio e serviços, a Câmara Municipal vai atribuir apoio económico aos comerciantes de Vizela correspondente a 100% do valor das despesas referentes ao fornecimento de água e eletricidade, assim como tarifa de disponibilidade do serviço de gestão de resíduos dos estabelecimentos comerciais que se encontrem encerrados e com atividade suspensa.

Relativamente à restauração, a Câmara Municipal vai atribuir um apoio aos estabelecimentos comerciais de restauração e bebidas, que corresponde a 50% do valor das despesas referentes ao fornecimento de água e eletricidade, assim como tarifa de disponibilidade do serviço de gestão de resíduos, de modo a minimizar as respetivas perdas.

A Câmara Municipal vai também fazer uma nova distribuição de caixas de cartão aos estabelecimentos comerciais de restauração e bebidas que funcionem em regime de take away ou entrega ao domicílio.

Lembra a Câmara que o Concelho de Vizela tem cerca de 60 estabelecimentos de restauração, representando um setor com uma importância social e económica de enorme relevância para o Concelho, sendo que estas medidas pretendes potenciar a dinamização da economia local, minorando os efeitos destas medidas restritivas causadas pelo surgimento do vírus Covid-19 e consequente pandemia.

Entretanto, está também a criar uma plataforma online para promoção e apoio ao comércio e restauração local, que irá permitir aos cidadãos o acesso a bens essenciais de forma rápida e segura ao mesmo tempo que ajuda os comerciantes locais e reinventar os seus modelos de negócio face à situação da Covid-19.

PUB___

MAIS NOTÍCIAS___