Álvaro Pacheco e o FC Vizela prolongaram contrato até 2023

Cerimónia foi realizada na Casa da Cultura na tarde desta quinta-feira

 

O FC Vizela e o treinador Álvaro Pacheco estenderam o contrato por mais uma temporada. O vínculo foi prorrogado até 2023.

A cerimónia teve lugar na Casa da Cultura, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, elementos da SAD, e ainda todo o staff e estrutura técnica do clube. A família do treinador também esteve presente.

O líder técnico dos vizelenses tinha um contrato válido até junho de 2022, mas aceitou prolongá-lo, com uma nova clausula de rescisão, que o presidente da SAD Diogo Godinho não quis para já revelar.

O técnico da Lixa vai estrear-se no escalão maior do futebol português em 06 de agosto, em Lisboa, frente ao campeão nacional Sporting, no jogo que abre a Liga de 2021/22, após ter alcançado duas subidas pelos vizelenses em duas temporadas consecutivas.

À Rádio Vizela Diogo Godinho, presidente da SAD manifestou total confiança no treinador. “Temos total confiança no Álvaro, uma pessoa que se identifica com o projeto e com as ideias do FC Vizela. Nós identificamo-nos também com este treinador e fazia todo o sentido que continuasse mais tempo connosco. Também gostamos de premiar a competência e o Álvaro já deu muito ao Vizela. Quando há a vontade das duas partes é fácil as coisas fluírem com esta naturalidade e podermos anunciar a tão desejada renovação por mais uma temporada.

Já o treinador do FC Vizela destacou a palavra felicidade para exprimir os motivos que o levam a esta renovação. “Nós temos que ser felizes no local de trabalho e eu sou muito feliz neste clube, com quem me identifico, a sua visão e a ambição que este clube tem. Sou feliz com esta cidade e com estes adeptos e por isso faz todos sentido prolongarmos este vínculo para que continuarmos felizes”.

Refira-se que o treinador teve hoje duas prendas da SAD, uma camisola com o número 23 e uma nova boina, "época nova, boina nova", disse Diogo Godinho.

E o futuro é promissor, refere o treinador: “Queremos todos juntos continuar a escrever páginas bonitas do futebol português, ainda temos muito que conquistar”.

Recorde-se o percurso de Álvaro Pacheco, antes das duas temporadas vitoriosas no FC Vizela. O treinador iniciou a carreira de técnico principal na época 2011/12, ao serviço do Lixa, então na Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto, Álvaro Pacheco foi treinador-adjunto de Miguel Leal no Penafiel (2012/13 e 2013/14), no Moreirense (2014/15 e 2015/16) e no Boavista (2016/17 e 2017/18), antes de voltar à liderança de uma equipa, o Fafe, no Campeonato de Portugal, em 2018/19.

PUB___